Foram mais de 39 mil torcedores no Allianz Parque e, assim como o prometido, eles apoiaram “até o apito final”.

O apoio ajudou o Palmeiras a acabar com a invencibilidade da Ponte Preta no novo estádio, mas o placar de 1 a 0 não foi o suficiente para manter vivo o sonho alviverde no Campeonato Paulista.

A Ponte Preta, que havia conquistado grande vantagem no jogo no Moisés Lucarelli, chega à sua quinta final no Estadual. Nove anos depois de sua última decisão, quando foi derrotada justamente pelo Palmeiras, a equipe de Campinas agora aguarda seu adversário vindo do confronto entre Corinthians e São Paulo, que acontece neste domingo.

Já ao Palmeiras resta voltar suas atenções para a disputa da Copa Libertadores, além da preparação para defender o título do Campeonato Brasileiro.

  • Começo quente e verde

Desde os primeiros minutos a Ponte Preta deixou claro que jogaria com a grande vantagem conquistada em Campinas. A “cera” do time irritou os jogadores do Palmeiras, e algumas confusões aconteceram.

Com a bola rolando, o Palmeiras foi muito superior. Exceto pelo chute de Pottker, aos 13 minutos, apenas os donos da casa tiveram chances de marcar, e chegaram a balançar a rede com Dudu, aos 31, mas o lance foi bem anulado por impedimento do atacante.

Aranha teve que aparecer logo aos três minutos, espalmando uma tentativa de cabeça de Borja, e também se esticou para garantir o placar zerado aos 40, quando Guerra tentou duas vezes e acabou exigindo uma grande defesa do goleiro ponte pretano.

Mas Aranha também falhou e, aos 35, quase entregou o primeiro gol para o Palmeiras. Ao subir para ficar com uma bola espirrada, o goleiro acabou soltando nos pés de Borja que, quase sem ângulo, finalizou no travessão.

  • Também teve polêmica

Se a Ponte Preta reclamou de um pênalti não marcado em Pottker no Moisés Lucarelli, os palmeirenses também tiveram o que reclamar no Allianz Parque. Ainda no primeiro tempo, Jean invadiu a área pela esquerda e acabou sendo derrubado por Fernando Bob, mas o árbitro Raphael Claus mandou o jogo seguir.

  • Era tudo ou nada

Na volta do intervalo, o cenário parecia que iria se repetir. Aos 7, Edu Dracena levou perigo para o gol de Aranha, mas logo a Ponte Preta começaria a se soltar um pouco e também ocupar um pouco mais seu campo ofensivo, criando algumas chances de perigo para o gol defendido por Prass.

Eduardo Baptista colocou Michel Bastos no lugar de Tchê Tchê, depois colocou Willian na vaga de Borja, que deixou o campo vaiado, chutou um copo d’água e reclamou: “Sempre eu”.

Keno, que entrou no lugar de Egídio, fez Aranha trabalhar logo em sua primeira jogada, batendo cruzado aos 27 minutos.

  • Tem jogo?

Quando muitos já estavam ficando sem esperança no estádio, um lance recolocou o Palmeiras no jogo. Aos 38, Michel Bastos cobrou escanteio, Aranha saiu mal mais uma vez e a bola desviou em Felipe Melo para colocar o Palmeiras na frente.

Aos 43, mais uma reclamação de pênalti. A bola alçada na área ia chegando para a finalização de Dudu, mas Lins chegou por trás e o atacante palmeirense caiu mais uma vez pedindo a marcação, que não foi atendida pela arbitragem.

A última chance foi de Pottker, que saiu na cara de Prass, tentou o drible e perdeu o gol. Mas o confronto estava decidido.

FICHA TÉCNICA:
PALMEIRAS 1 X 0 PONTE PRETA

Data: sábado, 22 de abril de 2017
Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Bruno Salgado Rizo e Luiz Alberto Andrini Nogueira
Público: 39.086 torcedores
Renda: R$ 2.912.614,52
Cartões amarelos: Felipe Melo, Guerra e Dudu (PALMEIRAS); Marllon e Fernando Bob (PONTE)
GOL: PALMEIRAS: Felipe Melo, aos 37 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Mina, Edu Dracena e Egídio (Keno); Felipe Melo; Róger Guedes, Tchê Tchê (Michel Bastos), Guerra e Dudu; Miguel Borja (Willian). Técnico: Eduardo Baptista

PONTE PRETA: Aranha; Jeferson (Naldo), Marllon, Yago e Artur; Fernando Bob, Elton e Jadson (Wendell); Lucca, Willian Pottker e Clayson (Lins). Técnico: Gilson Kleina

Fonte da Informação: MSN Esportes

Visite nosso site e ouça a nossa programação AO VIVO http://www.am1080.com.br

Anúncios