Uma sensação de perda muito grande, essa foi a reposta de pais e mães quando viram a polícia na porta das suas casas e foram obrigadas a sair às pressas. Por falta de uma moradia digna e diante da incerteza de realizarem finalmente o sonho da casa própria, embora apenas com uma sala um quarto, uma cozinha e um banheiro, muitas delas acabaram invadindo o conjunto Edmilson Duarte Lima, em Quixeramobim. O desempregado José Ferreira da Silva Filho, 52 anos, foi um deles. Ocupava a casa 20 na quadra 3 quando de costume, ao acordar, cedo, viu a tropa da Polícia. Como usavam capacetes com viseiras escuras, não dava sequer para ver nos rostos deles se teriam compaixão às vésperas da sexta-feira santa com quem era obrigado a dividir o lugar de dormir com os insetos e os ratos. Não pensou duas vezes. Colocou a mobília numa carroça e voltou para o seu martírio.

Não foi diferente para a operária calçadista Leilane Barbosa, 27 anos. Ela é casada, mas está separada. Quando estava saindo da casa que ocupou a preocupação era como justificar para os filhos que eles teriam que retornar para a casa da avó, onde havia deixado as crianças na noite anterior. “Eu não queria que elas presenciassem a humilhação do despejo com o uso da força policial. Eles adoram a polícia“, completou.

Apesar da frustração, como de muitas outras famílias que invadiram casas nos dois conjuntos, ela pretende continuar lutando pela moradia própria. Quando se sujeitam a uma situação dessas é porque precisam, mas reconhecem que se deve respeitar a Justiça dos homens, e também  temer a de Deus. A assessoria da prefeitura de Quixeramobim informou que assistentes sociais estão levantando a relação de quem de fato tem direito à moradia popular em um dos dois conjuntos. É  preciso ter muita cautela porque apesar de parte dos invasores terem sido cadastrados outros se aproveitaram da situação. Alguns até pagaram a outras pessoas para ocuparem as casas. O objetivo da prefeitura é viabilizar a entrega o mais rápido possível.

Fonte da Informação: Diário do Nordeste.  Foto: Paulo Simião

Visite nosso site e ouça a nossa programação AO VIVO http://www.am1080.com.br

Anúncios