odorico-1

O Partido de Reconstrução da Ordem Social(PROS) do Ceará vai mudar de comando de novo. Nesta terça-feira, acontece em Brasília reunião da cúpula nacional da legenda para oficializar o nome do deputado federal Odorico Monteiro como seu novo presidente no Estado.

No encontro, o atual presidente da comissão provisória do PROS, advogado Leandro Vasques, entregará o cargo. “Nós assumimos recentemente cargo de diretoria na Escola Nacional de Advocacia e estamos com muitas tarefas na condição de advogado. O tempo está escasso”, justifica Vasques.

O deputado federal Odorico Monteiro, que trocou o PT pelo PROS em março deste ano, afirma estar preparado para assumir essa missão. Ele reconhece que, sob comando de Vasques, o partido ampliou seu raio de presença no Interior.

“Estamos prontos para assumir. O Leandro nos comunicou que estava com problema de tempo e vamos assumir esse desafio. O PROS está organizado em mais de 90 municípios e pronto para disputar prefeituras em várias cidades e conquistar mais vereadores”, disse.

Apoio a RC

Sobre Fortaleza, o PROS, segundo Odorico, apoiará a reeleição do prefeito Roberto Cláudio (PDT), observando, no entanto, que algumas agendas precisam ser acetadas como aquelas que dizem respeito ao setor da saúde. Odorico quer o orçamento participativo na área sendo um instrumento fundamental.

Vasques já havia informado que o PROS seria parceiro de Roberto Cláudio nas próximas eleições. O partido espera fazer pelo menos dois vereadores na Capital.

“Tangido”

Odorico deixou o PT dizendo-se “tangido” e culpando, na época, o então líder do Governo Dilma Rousseff na Câmara, José Nobre Guimarães. Odorico foi filiado ao PT por 36 anos.

No Ceará, o PROS ganhou visibilidade político sob articulação dos Ferreira Gomes. O primeiro presidente foi Danilo Serpa, ex-chefe de gabinete do Governo Cid Gomes. Por divergências no quesito filiações – o que dependia do crivo da direção nacional, os Ferreira Gomes acabaram migrando para o PDT, onde se acomodam no momento.

Com essa defecção, assumiu o advogado Leandro Vasques, orientado por Odorico Monteiro, que ainda era petista, e pelo irmão do parlamentar, Valdetário Monteiro, então presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará.

Fonte da Informação: Blog do Eliomar

Visite nosso site e ouça a nossa programação AO VIVO http://www.am1080.com.br

Anúncios