Assalto: Quadrilha ataca a cidade de Capistrano, explode agência do Banco do Brasil

219a75dbc3eeae3b51e7-fotoAs cenas violentas do “Novo Cangaço” se repetiram, na madrugada desta quarta-feira (15) no Interior cearense. Desta vez, o alvo dos assaltantes de bancos e carros-fortes foi a pacata cidade de Capistrano, localizada na região do Maciço de Baturité (a 93Km de Fortaleza). Uma quadrilha invadiu o Município e atacou a agência do Banco do Brasil.

O ataque dos ladrões foi violento e audacioso. Eram, pelo menos, 20 homens fortemente armados com fuzis. Eles ocupavam vários veículos e entraram na cidade já disparando.

Era por volta de 1 hora, conforme o relato dos moradores, quando foram ouvidas as explosões na agência do BB. Ao mesmo tempo, parte da quadrilha atirava com fuzis de calibre 5.56 contra o prédio do Destacamento da Polícia Militar, impedindo que os PMs de plantão saíssem para um confronto na rua.

Depois do assalto, os criminosos fugiram da cidade e na fuga incendiaram dois veículos que foram deixados, estrategicamente, atravessados na estrada de acesso àquela cidade do Maciço.

Somente após a fuga da quadrilha, os militares puderam pedir reforço às unidades policiais dos municípios vizinhos. Equipes do 4º Batalhão (Canindé), de Baturité, Aracoiaba, Itapiúna Mulungu e Guaramiranga ajudaram no cerco inicial aos criminosos. De Fortaleza foram enviadas patrulhas do Batalhão de Polícia de Choque (BpChoque). Contudo, até agora, nenhum suspeito foi preso.

A agência do BB ficou completamente destruída em decorrência da explosão nos caixas eletrônicos. Porém, não há informações sobre feridos nem a confirmação de valores roubados.

Outro caso

Este foi o segundo ataque a bancos no Ceará em menos de 24 horas. No dia anterior, bandidos conseguiram invadir a agência do BB da cidade de Coreaú, na Zona Norte do Estado (275Km de Fortaleza) através de um buraco feito em uma parede lateral do prédio. Eles arrombaram com maçaricos um caixa eletrônico e também o cofre do posto, onde, além de dinheiro, estavam armas e coletes à prova de balas dos seguranças. Levaram tudo. Ninguém foi preso até o momento.

 Colaborador: FERNANDO RIBEIRO 

Visite nosso site e ouça a nossa programação AO VIVO http://www.am1080.com.br

Dom Angelo Pignoli divulga nota oficial sobre o caso do Pe. Vitoriano Campos Ambrósio

Brasão-de-Dom-Angelo

A Diocese de Quixadá, tendo em vista os fatos divulgados na mídia e que envolvem a pessoa do Pe. Vitoriano Campos Ambrósio, incardinado nesta diocese, presta os seguintes esclarecimentos:

  1. O Pe. Vitoriano está suspenso cautelarmente do exercício do ministério sacerdotal e responderá a processo jurídico-canônico perante a Santa Sé (Congregação para a Doutrina da Fé), que tomará as medidas que o caso requer, não se descartando a hipótese de demissão do estado clerical;
  1. Ao Pe. Vitoriano, em se tratando de um processo canônico, se dará ampla possibilidade de defesa quanto aos fatos que se lhe imputam;
  1. Está, ainda, o Pe. Vitoriano, destituído do ofício de Pároco, ou de qualquer outra função que exerça na Igreja, até o fim do referido processo canônico.

Conclama o bispo diocesano de Quixadá à oração e à penitência, neste momento delicado da vida dos envolvidos e da própria diocese, e convida-nos a voltar o olhar para Deus que, ao mesmo tempo é Justiça e Misericórdia.

Quixadá-CE, 27 de maio de 2016